O Liberdade

Previsão do Tempo

Campo Grande
+29°C
Grupo Liberdade
Quarta-feira, 05 de agosto de 2020
 
18/05/2020 17h52 - Atualizado em 18/05/2020 17h52

Coronel Marcos Paulo assume comando da PM com a missão de especializar tropa no combate à criminalidade

Rodson Lima – Sejusp
 
Atual diretor do DOF, o coronel Marcos Paulo assume nesta semana o Comando-Geral da PM Atual diretor do DOF, o coronel Marcos Paulo assume nesta semana o Comando-Geral da PM

O coronel Marcos Paulo Gimenez, de 46 anos, assume na próxima sexta-feira (22.5), às 10 horas, o Comando-Geral da Polícia Militar em Mato Grosso do Sul. Surpreso com a indicação, Marcos Paulo quer especializar a tropa para ter excelência no combate à criminalidade no Estado. O atual comandante-geral, coronel Waldir Ribeiro Acosta, de 56 anos, deixa a função e segue para reserva devido ao tempo de serviço.

"São muitos desafios, mas o principal é buscar a especialização dos policiais para que possam fazer um trabalho de excelência e combater efetivamente à criminalidade. Quero trazer equidade à corporação, para que a tropa fique mais imbuída, coesa e humanitária", pontua o coronel.

Atual diretor do Departamento de Operações de Fronteira (DOF), o coronel Marcos Paulo afirma que sempre se preparou para este grande desafio. "Me especializei, me preparei e sempre tive isso no meu discurso. Se pegar a minha história, sempre trabalhei na ponta. E ao receber o convite, fiquei muito lisonjeado".

Atual diretor do DOF, o coronel Marcos Paulo assume nesta semana o Comando-Geral da PM

Marcos Paulo fala com apreço do amigo, coronel Waldir Ribeiro Acosta. "Somos amigos desde a época em que cheguei da academia no ano de 1997. Agradeço tudo o que ele fez pela minha pessoa, me recepcionou quando cheguei a aspirante, aprendi a trabalhar com ele. Agradeço sempre pelo apoio e o parabenizo pelo excelente comando e empenho. Vou trabalhar ao máximo, para dar continuidade ao seu trabalho".

De saída, rumo à aposentadoria, coronel Waldir manifesta apoio ao amigo. "Desejo muito sucesso ao Marcos Paulo. O que puder auxiliá-lo, estou aqui pronto para o que for possível. Desejo que ele possa crescer junto com a sua tropa".

Legado

O comandante-geral destaca algumas ações que foram importantes nestes cinco anos à frente da Polícia Militar. "Saio com o sentimento de dever cumprido. Criamos o primeiro Curso de Formação para oficiais formados em Direito, foram duas conquistas inéditas".

E ainda lembra que deixa um legado. "Tem a construção dos novos quarteis de Jardim e Coxim, investimentos de R$ 14 milhões, que agora devem iniciar a execução. Tem o dinheiro, está tudo aprovado. Tivemos a redução criminal por dois anos e criamos o Grupamento Aéreo. Então, agradeço à Deus, a minha família e a corporação".

A troca de comando acontece nesta sexta-feira (22.5), às 10 horas, na sede do Comando-Geral da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, em razão da pandemia do Covid-19, a cerimônia será fechada e transmitida via internet.

Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído.
Copyright 2014 © O Liberdade - Todos os direitos reservados. By Bimboo Software

Expediente | Anunciar no site | Trabalhe Conosco | Reportar Erro