O Liberdade

Previsão do Tempo

Campo Grande
+29°C
Grupo Liberdade
Quinta-feira, 16 de agosto de 2018
 
10/08/2018 08h16 - Atualizado em 10/08/2018 08h16

Entrega da Medalha do Mérito Advocatício homenageia profissionais da área da justiça

Da redação
 
 

Por terem prestado relevantes serviços na área da justiça de Mato Grosso do Sul, 18 profissionais receberam, na noite desta quinta-feira (9), a Medalha do Mérito Advocatício "Jorge Antônio Siufi". A honraria concedida por meio da Resolução 43/2012 - de autoria do ex-deputado Marquinhos Trad - foi entregue durante sessão solene, proposta pelo deputado Lidio Lopes (PEN), na Assembleia Legislativa .

"Eu procuro ser transparente no que faço. Hoje, estou muito feliz, de coração. Fiquei contente, porque receber essa medalha é sinal de que estamos trilhando na profissão o caminho certo. Isso é um ápice", declarou, um dos homenageados, o advogado Daniel Alves, que atua na cidade de Sidrolândia e foi designado defensor público da 31ª Zona Eleitoral do município instituída pela resolução . O advogado.

O especialista em Direito Público, Osni Moreira de Souza, também foi homenageado e falou dos desafios da carreira na área pública. "Com o aperfeiçoamento dos mecanismos de controle e a prestação de contas, é cada dia mais necessário que o profissional que atue em um órgão público esteja atualizado, pois o Direito Público é muito vasto, são várias legislações. Você tem que estar sempre se atualizando e acompanhando a evolução da legislação para poder prestar um serviço a contento. É uma satisfação muito grande para nós, bacharéis em Direito, ter o reconhecimento pelo trabalho que a gente desenvolve no dia a dia", destacou o profissional.

Representando a Ordem dos Advogados do Brasil - MS e todos os agraciados com a medalha, Marco Aurélio de Oliveira Rocha, falou da importância dos advogados. "O exercício da advocacia é fundamental. O advogado é mediador da garantia dos direitos e o escudo que protege o cidadão. Baseado na moral e na ética, ele busca realizar a justiça. Parabenizo os escolhidos para receber a medalha e agradeço essa Casa de Leis pela justa e merecida homenagem em memória do doutor Jorge Antônio Siufi", disse.

O filho de Jorge Antônio Siufi, o procurador Antônio Siufi Neto, representou o pai, falecido em 2011. "Agradeço em nome de minha família que esta Casa de Leis tenha aprovado, por unanimidade, o nome de meu pai para a medalha. Sua paixão era a advocacia, advogava com coração. Falava em nome da justiça e da liberdade e não se curvou a nenhum poder. Parabenizo os advogados homenageados, ostentem com galhardia essa medalha e levem o lema de vida que aprendi do meu pai: quem não vive para servir, não serve para viver", enfatizou.

Para o deputado Lídio Lopes, proponente do evento, a comenda ajuda valorizar os profissionais ligados à justiça. "É uma satisfação prestar essa honrosa homenagem aos que labutam no dia a dia mostrando o trabalho dos advogados na defesa do cidadão. Que hoje vocês possam deixar registrado o seu legado e contar, para os quem vierem, que foram advogados de referência. Sintam-se honrados pela homenagem", enfatizou o parlamentar, bacharel em Direto há 25 anos.

Homenageados - Cada membro do Legislativo Estadual pode indicar até dois advogados para receber a condecoração, encaminhando projeto de resolução acompanhado dos dados pessoais e do histórico dos profissionais. Foram homenageados: Roberto Santos Cunha; Mário Ângelo Guarnieri Martins; Régis Santiago de Carvalho; Ismael Gonçalves Cruz; Luis Gustavo Romanini; João Victor de Souza Cyrino; Osni Moreira de Souza; Marco Aurélio de Oliveira Rocha; Marlene Figueira da Silva; Murilo Godoy; Odive Soares da Silva; Alexandre Souza Moreira; Álvaro de Barros Guerra Filho; Vinícius Monteiro Paiva; Marcelino Pereira dos Santos; Helkis Clark Ghizzi; Daniel Alves; e Marcelo Barbosa Alves Vieira.

Jorge Antônio Siufi – o nome da comenda Mérito Advocatício é uma homenagem ao defensor público da União, Jorge Antônio Siufi. Nascido em Campo Grande em 1932, formou-se em Direito na Universidade Nacional do Rio de Janeiro. Foi nomeado promotor de Justiça da comarca de Dourados, onde atuou entre 1961 e 1963, transferindo-se logo em seguida para Campo Grande.

Em 1964, recebeu nomeação para advogado de Ofício na Auditoria Militar da União. Foi presidente da OAB em Campo Grande, professor da Faculdade Católica de Direito de Mato Grosso e procurador-geral adjunto de MS, com a divisão do Estado, em 1979. Em 1980, como procurador-geral do Estado, foi convidado a integrar a Escola Superior de Guerra.

O defensor compôs a letra do Hino do Estado de Mato Grosso do Sul, juntamente com o colega Otávio Gonçalves Gomes. Gravou CD, publicou livros de crônicas, também foi membro da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras e é um dos fundadores do Rádio Clube, em Campo Grande. Siufi faleceu no dia 14 de março de 2011.



Envie seu Comentário

Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído.
Copyright 2014 © O Liberdade - Todos os direitos reservados. By Bimboo Software

Expediente | Anunciar no site | Trabalhe Conosco | Reportar Erro