O Liberdade

Previsão do Tempo

Campo Grande
+29°C
Grupo Liberdade
Quinta-feira, 13 de dezembro de 2018
 
14/11/2018 07h41 - Atualizado em 14/11/2018 07h41

Com novo comando, Marinha apresenta benefícios a MS em sessão da ALMS

Da redação
 
 

Durante sessão ordinária desta terça-feira (13), a Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul recebeu a visita do novo comandante do 6° Distrito Naval, o contra-almirante Carlos Eduardo Horta Arentz, que assumiu o complexo sediado em Ladário e enalteceu os trabalhos realizados pela Marinha do Brasil à população sul-mato-grossense.

Com regiões de difícil acesso e alagadas do Pantanal, muito além do papel de defesa do território, a Marinha realiza, por exemplo, atendimentos médicos e de urgência e emergência, como mostrado em uma reportagem apresentada pelo contra-almirante, em que um ribeirinho é salvo a tempo e sobrevive ao terceiro infarto.

"Também socorremos uma senhora de 80 anos picada por uma cobra e que o Corpo de Bombeiros não conseguia chegar ao local, então fomos prestar a ajuda", contou Arentz. Em 2017 a Marinha contabilizou mais de 146 mil atendimentos médicos e odontológicos e outros 33 mil em 2018. Também são feitas distribuições de remédios gratuitamente.

De acordo com o relato do contra-almirante, também é função dos marinheiros prestar apoio à política externa, fazer revistas, patrulhamento e eventuais prisões em flagrantes. Foram quase 6 mil abordagens em 2017 e mais de 4,5 mil em 2018. "Nosso objetivo é manter a vida humana e a segurança", assegurou Arentz.

Carlos Arentz é o novo comandante do 6º Distrito Naval em Ladário

Para as operações e ações em uma área de 130.000 Km² dos quais a jurisdição é responsável - entre Mato Grosso e Mato Grosso do Sul com fronteiras com Bolívia e Paraguai - os militares da Marinha contam com diversas embarcações, como lanchas blindadas, helicópteros e equipamentos. Foram feitas 11 operações entre 2017 e 2018, algumas em parceria com órgãos de fiscalização como a Receita Federal. "São recursos e ações necessárias à defesa. É igual seguro de carro ou de vida, ninguém gosta de pagar, mas precisa ter", comparou o contra-almirante.

A Marinha ainda realizou a sinalização hidrográfica por cartografia entre Cáceres (MT) e Assunção (Paraguai) e promove outros dois projetos: o Força do Esporte, em que oferece aulas esportivas e alimentação em contraturno a estudantes da região e o Projeto Soldado Cidadão, com capacitação técnica a jovens aprendizes.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Junior Mochi (MDB), agradeceu a visita e a explanação sobre os trabalhos exercidos pela Marinha do Brasil no Estado. "Parabenizo e coloco a Casa de Leis à disposição para todas parcerias necessárias pelo bem estar e desenvolvimento de Mato Grosso do Sul", ressaltou.

O deputado João Grandão (PT) estendeu os cumprimentos e destacou o benefício que o 6º Distrito Naval também faz aos pequenos produtores do Estado. "A Marinha foi uma das primeiras instituições a aderirem à compra de alimentos da Agricultura Familiar, que foi possibilitada pela Lei 10.196, da qual eu tive a honra de participar da alteração que concedeu a autorização para esse tipo de compra. Assim, a Marinha leva alimento de qualidade e ainda incentiva e beneficia o pequeno produtor. Por isso meu o muito obrigada", finalizou.

O novo comandante Carlos Eduardo Horta Arentz assumiu o cargo em agosto, no lugar do contra-almirante Luiz Octávio de Barros Coutinho. Saiba mais clicando aqui.



Envie seu Comentário

Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído.
Copyright 2014 © O Liberdade - Todos os direitos reservados. By Bimboo Software

Expediente | Anunciar no site | Trabalhe Conosco | Reportar Erro