O Liberdade

Previsão do Tempo

Campo Grande
+29°C
Grupo Liberdade
Quinta-feira, 13 de dezembro de 2018
 
01/11/2018 12h53 - Atualizado em 01/11/2018 12h53

Tenente-coronel e sargento são presos pelo Gaeco em operação contra máfia dos cigarros

Andre Farinha
 
 

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) cumpriu dois mandados de prisão na manhã desta quinta-feira (1º). A ação é parte da Operação Oiketicus, que em maio deste ano prendeu 20 policiais militares preventivamente e um temporariamente por envolvimento na máfia dos cigarros contrabandeados. Na época, foram cumpridos também 45 mandados de busca e apreensão, na ação de hoje foram cumpridos apenas dois de busca e apreensão.

De acordo com o Gaeco, a operação investiga o envolvimento de policiais militares com a facilitação do contrabando de cigarros paraguaios. Os alvos de hoje foram um tenente-coronel e um sargento, ambos residentes em Campo Grande. Eles não tiveram as identidades divulgadas, nem mesmo onde atuam, também não foi informado à imprensa em que locais foram cumpridos os mandados de busca e apreensão.

A nome da operação, Oiketicus, faz alusão às lagartas desta espécie que constroem uma estrutura com seda e fragmentos vegetais, com o formato semelhante a um "cigarro" alongado, e serve para a sua proteção. O "cigarro" vai sendo ampliado com o crescimento do inseto.

Na primeira fase da ação, 125 policiais militares e nove Promotores de Justiça participaram. Os mandados tiveram como alvo as residências e locais de trabalhos de todos os investigados, distribuídos nos municípios de Campo Grande, Dourados, Jardim, Bela Vista, Bonito, Naviraí, Maracaju, Três Lagoas, Brasilândia, Mundo Novo, Nova Andradina, Boqueirão, Japorã, Guia Lopes, Ponta Porã e Corumbá.



Envie seu Comentário

Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído.
Copyright 2014 © O Liberdade - Todos os direitos reservados. By Bimboo Software

Expediente | Anunciar no site | Trabalhe Conosco | Reportar Erro