O Liberdade

Previsão do Tempo

Campo Grande
+29°C
Grupo Liberdade
Terça-feira, 16 de outubro de 2018
 
16/05/2018 11h35 - Atualizado em 16/05/2018 11h35

Policiais militares são alvos de operação do MPE e da Corregedoria da PMMS

Andre Farinha
 
 
Movimento de policiais na Corregedoria da PM, em Campo Grande (Foto: Osvaldo Nóbrega/TV Morena)
Movimento de policiais na Corregedoria da PM, em Campo Grande (Foto: Osvaldo Nóbrega/TV Morena)

Policiais da Corregedoria da Polícia Militar estão cumprindo na manhã desta quarta-feira (16), em Campo Grande e em outras 13 cidades de Mato Grosso do Sul, 66 mandados, entre busca e apreensão e de prisão. A ação é batizada de Operação Oiketikus e conta com o apoio do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) e do Ministério Público Estadual (MPE/MS).

Ao todo, estão sendo cumpridos 21 mandados de prisão decretada e 45 de busca e apreensão. Entre os alvos estão oficiais e praças da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, incluindo comandantes de unidades em municípios do interior. Segundo as informações, a ação visa policiais envolvidos em esquemas de contrabando de cigarros.

A ação de hoje é resultado de uma investigação do MPE e da Corregedoria da PMMS que teria começado após o dia 1º de dezembro do ano passado, quando um grupo de policiais do 10º Batalhão da PM de Campo Grande cobrou R$ 150 mil para liberar uma carga de cigarro contrabandeado avaliada em mais de R$ 1 milhão.

Todos os alvos da operação estão sendo encaminhados para a sede da Corregedoria da Polícia Militar. O nome ‘Oiketikus’ é de uma praga conhecida como "bicho-do-cesto", que ataca plantações quando está na fase de larva, antes de se transformar em uma mariposa.



Envie seu Comentário

Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído.
Copyright 2014 © O Liberdade - Todos os direitos reservados. By Bimboo Software

Expediente | Anunciar no site | Trabalhe Conosco | Reportar Erro