O Liberdade

Previsão do Tempo

Campo Grande
+29°C
Grupo Liberdade
Quinta-feira, 13 de dezembro de 2018
 
15/10/2018 12h54 - Atualizado em 15/10/2018 12h54

Acidentes nas rodovias estaduais reduzem em 40% no feriado prolongado em comparação a 2017

Da redação
 
 

No feriadão, o número de acidentes nas rodovias estaduais de Mato Grosso do Sul caiu 40% em comparação com o mesmo período de 2017. Já o número de vítimas, apresentou uma redução ainda maior, de 76%, conforme informa o Batalhão de Polícia Militar Rodoviária (BPMRv).

Foram quatro dias de intensa fiscalização que resultaram em mais de 260 autos de infração e apreensão de 3,7 toneladas de drogas.

A operação MS 41 empregou 160 policiais militares e fiscalizou os quase 15 mil quilômetros de estradas estaduais. Foram abordados 2.938 veículos e atendidos quase seis mil acidentes de trânsito, com duas vítimas graves e cinco vítimas leves.

A ação recuperou ainda dois veículos roubados e prendeu uma pessoa que utilizava a carteira de motorista falsa. De acordo com a Polícia Militar Rodoviária, foram registradas cinco ocorrências de descaminho e 40 pacotes de cigarro foram apreendidos.

Foram usadas 12 bases operacionais rodoviárias fixas distribuídas pelos municípios de Amambai, Campo Grande, Corumbá, Bonito, Dourados, Ivinhema, Maracaju, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã e Três Lagoas, além de 12 equipes volantes que percorreram pontos específicos das rodovias.

Operação MS 41

A Operação foi deflagrada na quinta-feira (11.10), às 6h e terminou nesta segunda-feira (15.10), às 6h. Foram 96 horas de intensa fiscalização para controlar a velocidade dos veículos, combater a embriaguez ao volante, coibir ultrapassagens proibidas, atuar no enfrentamento ao tráfico de drogas, contrabando e descaminho. O nome da operação fez alusão aos 41 anos de criação do Estado.



Envie seu Comentário

Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído.
Copyright 2014 © O Liberdade - Todos os direitos reservados. By Bimboo Software

Expediente | Anunciar no site | Trabalhe Conosco | Reportar Erro