O Liberdade

Previsão do Tempo

Campo Grande
+29°C
Grupo Liberdade
Domingo, 23 de setembro de 2018
 
23/05/2018 08h25 - Atualizado em 23/05/2018 08h25

Paulo Cezar dos Passos é eleito vice-presidente regional do CNPG

Da redação
 
 

Por aclamação, o Procurador-Geral de Justiça de Goiás, Benedito Torres Neto, foi eleito, na manhã desta terça-feira (22/5), presidente do Conselho Nacional de Procuradores-Gerais (CNPG). Já o Procurador-Geral de Justiça do Ministério Público de Mato Grosso do Sul, Paulo Cezar dos Passos, foi eleito vice-presidente regional (Centro Oeste).

A reunião ordinária foi realizada na sede do Ministério Público do Trabalho, em Brasília, e contou com a participação do Promotor de Justiça e Chefe de Gabinete do PGJ, Alexandre Magno Benites de Lacerda, representando o Procurador-Geral de Justiça Paulo Cezar dos Passos.

Ao cumprimentar os colegas, Benedito Torres Neto, reforçou o compromisso de trabalhar para manter o MP unido na elevada missão de servir à sociedade e, para isso, tem de defender a autonomia e as prerrogativas ministeriais.

Para o Procurador-Geral de Justiça, Paulo Cezar dos Passos, o CNPG, ao congregar os Procuradores-Gerais de Justiça da Federação, disse que é um importante órgão para deliberar e ajustar a atuação institucional em prol do cidadão brasileiro. "É uma grande honra ser escolhido pelos meus pares como vice-presidente do CNPG, representando a região Centro-Oeste", ressaltou.

Composição

Também foram eleitos, o Promotor de Justiça de Goiás Vinicius Marçal, secretário executivo; e os vice-presidentes regionais Antônio Sérgio Tonet (Sudeste), Cleandro Alves de Moura (Nordeste), Fabiano Dallazen (Sul), Airton Pedro Marin Filho (Norte) e Leonardo Roscoe Bessa (MP da União).

O CNPG congrega Procuradores-Gerais do Ministério Público de todas as unidades federativas do País e da União. O Conselho tem a função de debater pautas pertinentes ao MP, elaborar notas técnicas sobre questões jurídicas de relevância para a sociedade, defender a atuação dos promotores e procuradores de Justiça e promover o diálogo do MP com as diversas instituições da Justiça, além do Legislativo e do Executivo.



Envie seu Comentário

Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído.
Copyright 2014 © O Liberdade - Todos os direitos reservados. By Bimboo Software

Expediente | Anunciar no site | Trabalhe Conosco | Reportar Erro