O Liberdade

Previsão do Tempo

Campo Grande
+29°C
Grupo Liberdade
Terça-feira, 14 de agosto de 2018
 
02/07/2015 17h38 - Atualizado em 02/07/2015 17h38

Com ajuda do Brasil, Paraguai terá a maior faculdade de medicina da América Latina

Da redação
 
 
No encontro, estiveram presentes: José Fernando, diretor-presidente da Uniesp; governador do estado paraguaio de Amambay, Pedro Gonzalez, e o prefeito de Ponta Porã, Ludimar Novais, além de vereadores do município. No encontro, estiveram presentes: José Fernando, diretor-presidente da Uniesp; governador do estado paraguaio de Amambay, Pedro Gonzalez, e o prefeito de Ponta Porã, Ludimar Novais, além de vereadores do município.

A cidade de Pedro Juan Caballero, no Paraguai, deverá ter, em breve, a maior faculdade de medicina da América Latina. O projeto está em fase de estudo e decorre através de uma parceria trilateral, que envolve o governo paraguaio, brasileiro e americano. No mês passado, as partes estiveram reunidas em Ponta Porã para assinatura do Protocolo de Intenções para construção da instituição de ensino.

Na oportunidade, estiveram presentes: José Fernando, diretor-presidente da Uniesp; governador do estado paraguaio de Amambay, Pedro Gonzalez, e o prefeito de Ponta Porã, Ludimar Novais, além de vereadores do município.

Relações cada vez mais próximas

Os governos brasileiro e paraguaio estão estreitando relações diplomáticas e comerciais a fim de expandir o mercado empresarial entre os dois países, principalmente na faixa de fronteira com o Estado de Mato Grosso do Sul. Nos últimos anos, autoridades políticas e lideranças empresariais do país vizinho estiveram em solo brasileiro para tratar de parcerias e traçar projetos futuros que beneficiem os dois lados.

Recentemente, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) esteve reunido, no Paraguai, com o presidente Horácio Cartes. Na ocasião, os dois líderes políticos debateram assuntos relacionados a integração do Estado de Mato Grosso do Sul com o Paraguai, especialmente na construção de uma ponte sobre o Rio Paraguai, que ligará a cidade de Porto Murtinho à cidade de Capitán Carmelo Peralta.

No mês de maio deste ano, o ministro de indústria e comércio do Paraguai, Gustavo Leite, esteve em Campo Grande e se encontrou com Reinaldo e destacou a importância da integração econômica dos dois países. “O Paraguai tem que se integrar na economia do Brasil e isso será feito através dos Estados vizinhos do nosso país”, disse.

Em 2014, durante o 5º Encontro Empresarial ‘Amigos e Negócios’, o então governador André Puccinelli (PMDB), também como parte deste processo de aproximação entre o Estado e o Paraguai, esteve reunido com os governadores dos departamentos de Canindeyú, Alfonso Noria Duarte, e de Concepción, Luis Urbieta Cáceres; além do secretário de desenvolvimento e indústria de Amambay, Cláudio Sertão, que esteve representando o governador Pedro Gonzáles.

Esta aproximação entre os dois governos é importantíssima para o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul, que só tem a ganhar com os investimentos internacionais que já estão surgindo, aumentando a oferta de emprego e gerando renda nos municípios.



Seja o primeiro a comentar!

Envie seu Comentário!

Antes de escrever seu comentário, Atenção! O JL NEWS não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Restam caracteres. * Obrigatório
Digite as 2 palavras abaixo separadas por um espaço.
 

Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído.
Copyright 2014 © O Liberdade - Todos os direitos reservados. By Bimboo Software

Expediente | Anunciar no site | Trabalhe Conosco | Reportar Erro