O Liberdade

Previsão do Tempo

Campo Grande
+29°C
Grupo Liberdade
Domingo, 09 de dezembro de 2018
 
07/11/2018 09h06 - Atualizado em 07/11/2018 09h06

Palestra promovida pelo IEL ensina como impulsionar os negócios com o uso das redes sociais

Da redação
 
 

Estar conectado com seus clientes e impulsionar as vendas do seu negócio pelas redes sociais. Essa é a vontade de mais de 40 empreendedores que, na noite desta terça-feira (06/11), participaram da palestra "Redes Mais que Sociais", ministrada pela especialista em marketing Giovanna Simioli e promovida pelo IEL.

A autônoma Janete Bianco, 47 anos, que ficou sabendo da palestra pelas redes sociais do IEL, fez questão de participar. Ela conta que tem planos de abrir o próprio negócio no formato de e-commerce e, para isso, precisa ficar por dentro das redes sociais. "Eu sei pouco disso, só o básico mesmo, mas para ter sucesso no modelo de negócios que quero abrir, preciso entender mais. Achei ótima essa oportunidade de aprender sobre isso, porque é essencial, mas não é tão simples quanto a maioria pensa", explicou.

Em quase duas horas de palestra, Giovanna Simioli falou sobre a importância do marketing digital para os negócios e como se inserir no mundo das redes sociais. Deu dicas de como impulsionar as vendas pelo Instagram e o Facebook e reforçou o convite para o curso completo das "Redes Mais que Sociais", que será realizado de 19 a 23 de novembro. Nos cinco dias de capacitação, serão abordados marketing digital e sua atuação no Facebook e Instagram, somando 20 horas, além de conteúdo, planejamento e métricas. Os interessados podem se inscrever por meio do link http://www.ms.iel.org.br/cursos/redes-mais-que-sociais/56.

Coordenador de desenvolvimento empresarial do IEL, Hugo Bittar afirma que a instituição que integra o Sistema Fiems está se inserindo no modelo da Indústria 4.0 e, no que tange a gestão, é essencial estar na Internet. "E o que mais representa a web hoje do que as redes sociais? Temos uma nova forma de fazer negócio, um mundo conectado onde as pessoas se comunicam mais pelas mídias do que pelo telefone e precisamos estar inseridos nisso e levar esse aprendizado", afirmou, informando que os inscritos na palestra doaram um quilo de alimento não perecível cada, que serão doados à Associação Juliano Varela, que atende crianças portadoras da Síndrome de Down, em Campo Grande.



Envie seu Comentário

Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído.
Copyright 2014 © O Liberdade - Todos os direitos reservados. By Bimboo Software

Expediente | Anunciar no site | Trabalhe Conosco | Reportar Erro