O Liberdade

Previsão do Tempo

Campo Grande
+29°C
Grupo Liberdade
Segunda-feira, 21 de agosto de 2017
 
09/05/2017 11h37 - Atualizado em 09/05/2017 11h37

Avante Carijó

Rosildo Barcellos
 
 

Certamente que não posso deixar de comentar de uma das mais tradicionais equipes do estado. O Corumbaense Futebol Clube foi fundado em 1º de janeiro de 1914, na cidade que leva seu nome, no noroeste do estado do Mato Grosso do Sul. O time revelou grandes craques do futebol nacional, como o atacante Dionísio, que teve passagem pelo Flamengo, além de atletas como Matateu, Titinho e , Tota, só para citar exemplos. Por outro lado, desde sua fundação, a equipe de Corumbá, por muitas vezes, foi a base da seleção amadora de Mato Grosso. Antes do profissionalismo, que surgiu em 1972 em Campo Grande, o time, ao lado de clubes como Marítimos e Riachuelo, se consagrou nos campeonatos amadores do Mato Grosso.

Após a divisão dos estados, foi campeão pelo estado de Mato Grosso do Sul e participou em 1984 da primeira divisão do Campeonato Brasileiro, sendo rebaixado no 41º lugar na tabela. Ainda disputou o módulo azul do nacional em 1987. Em 2005, voltou ao futebol profissional, onde disputou a série B do estadual. No ano seguinte foi campeão da série B e retornou a elite do futebol estadual onde ficou até 2011. Na edição de 2012, a equipe aplicou uma goleada histórica de 23 a 1 contra o Coxim Atlético Clube no Estádio Arthur Marinho. Em 2013, o time retornou a série A do estadual. Em 2017, na final do campeonato com a presença do prefeito de Corumbá e do Governador do Estado na arquibancada, o time entrou em campo para fazer a história do futebol do Mato Grosso do Sul. Teve como técnico Douglas Ricardo que escolheu os titulares 22- Diego (goleiro), 2- Robinho, 3- Rodrigo, 4- Rafael, 6- Valdinei, 5- Cleber, 8- Mutuca, 11- Willian, 10- Juninho, 7- Sandrinho, 9- Kareca, no banco 13- Thiago Costa, 14- Adailton, 15- Fagner, 16- Elivélton, 17- Romarinho, 19- Tuia e com esse grupo mais o apoio do governo municipal, do amigo Ruiter, que não perdeu de assistir um jogo em casa; e do governo estadual, que este ano investiu oitocentos mil reais no futebol, veio o título do Campeonato Estadual de Mato Grosso do Sul para o Carijó, assim como, a conquista da vaga em competições nacionais para 2018.

Tais condições estabelecem um divisor de águas na história do clube e do nosso próprio futebol. Com vaga garantida na Série D e Copa do Brasil, um time interiorano de Mato Grosso do Sul, vai costurar mais uma estrela na parte superior de seu escudo. Além de impor o devido respeito aos adversários, em função de sua história, a segunda estrela, servirá para iluminar o caminho do clube em direção a novas conquistas. As duas estrelas, servirão para mostrar aos outros 11 clubes da Série A do Estadual, aos 78 municípios do Estado, que 33 anos depois, o campeão voltou ! Destarte é chegado o momento de ir a luta, porém com determinação e coragem. Abraçar objetivos com garra, se perder manter a classe de um guerreiro não abaixar a guarda e se vencer que esta seja regada de ousadia e humildade, sabendo que só a união faz a força.E como traz seu hino "Tua torcida galo Carijó da Avenida, se levanta e canta até o final da partida" É o momento de gritar em coro: Avante Carijó. O futebol de Mato Grosso do Sul agradece !

*Articulista



Envie seu Comentário

Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído.
Copyright 2014 © O Liberdade - Todos os direitos reservados. By Bimboo Software

Expediente | Anunciar no site | Trabalhe Conosco | Reportar Erro