O Liberdade

Previsão do Tempo

Campo Grande
+29°C
Grupo Liberdade
Terça-feira, 27 de junho de 2017
 
19/06/2017 08h38 - Atualizado em 19/06/2017 08h38

Planurb recomeça nesta segunda discussão do Plano Diretor de Campo Grande

Da redação
 
 

A Agência Municipal de Meio Ambiente e Planejamento Urbano –Planurb – informa que dará início a partir desta segunda-feira (19/06) às reuniões com a população para discutir a modelagem final da revisão do Plano Diretor de Campo Grande.

O processo teve início no ano passado, mas foi interrompido a pedido de várias entidades, dentre elas a OAB/MS, o Crea, a Associação dos Engenheiros e Arquitetos, visto que não havia tempo hábil para envolver os mais amplos setores da sociedade no debate.

O Estatuto das Cidades estabelece que a participação direta dos moradores da cidade é fator fundamental na reformulação da legislação que ordena o crescimento das cidades.

A retomada dos procedimentos envolverá os 74 bairros e os 2 distritos (Anhandui e Rochedinho), começando pela área central (veja Cronograma_reuniões_bairros_Plano_Diretor_final o cronograma de reuniões).

As primeiras reuniões acontecerão com os moradores dos bairros Bela Vista, São Bento, Itanhangá (Escola Bilíngue Harmonia) e Vila Carvalho (Escola Bernardo Franco Baís) das 18 horas e 30 min às 20 horas e 30 min.

A previsão da PLANURB é de que essa etapa do processo seja encerrada no próximo dia 28 de julho. Depois disso, técnicos da Prefeitura de Campo Grande, em parceria com a UFMS por intermédio da FAPEC- Observatório de Arquitetura e Urbanismo-, trabalharão na formação da modelagem final do projeto de lei de revisão do plano Diretor de Campo Grande, que será apresentado para discussão em duas audiências públicas onde serão, também, recebidas contribuições da população.

A Diretora-Presidente da Planurb, Berenice Maria Jacob Domingues, espera que o novo Plano Diretor de Campo Grande seja encaminhado para votação na Câmara Municipal, até o mês de novembro, após relatoria do Conselho Municipal de Desenvolvimento e Urbanização – CMDU.

"Vamos aproveitar as sugestões elaboradas pela sociedade e pelas entidades de classe para construir um projeto de lei que contemple os sonhos e as aspirações da maioria, criando um ambiente de desenvolvimento sustentável para Campo Grande das próximas décadas", afirma Berenice.

Para ela, o Plano Diretor será melhor e mais eficaz quanto maior a participação dos cidadãos.

Na próxima segunda-feira, o prefeito Marquinhos Trad fará reunião de lançamento da retomada da elaboração do Plano Diretor, às 9 horas, com as entidades envolvidas diretamente no processo, em seu gabinete. Segundo ele, "essa será uma grande oportunidade para toda a sociedade saber, de maneira transparente, como vamos planejar o crescimento da cidade nos próximos anos".



Envie seu Comentário

Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído.
Copyright 2014 © O Liberdade - Todos os direitos reservados. By Bimboo Software

Expediente | Anunciar no site | Trabalhe Conosco | Reportar Erro