O Liberdade

Previsão do Tempo

Campo Grande
+29°C
Grupo Liberdade
Sábado, 26 de maio de 2018
 
13/02/2018 10h18 - Atualizado em 13/02/2018 10h18

Com pista duplicada, obra da rotatória de acesso ao Outlet entra em fase final

Da redação
 
 
Com pista duplicada no trecho da rotatória e asfalto revitalizado, trabalhadores executam última etapa da obra que inclui instalação de meio-fio.

Com pista duplicada no trecho da rotatória e asfalto revitalizado, trabalhadores executam última etapa da obra que inclui instalação de meio-fio.

Pista duplicada com acostamento e asfalto revitalizado integram a obra de implantação da rotatória de acesso ao Shopping Outlet, no Núcleo Industrial de Campo Grande. Com investimentos de mais de R$ 1,4 milhão do Governo do Estado, os trabalhos estão em fase final e prepararam o tráfego do local para receber o empreendimento.

Com recursos próprios, o Estado também duplicou a pista da rodovia no trecho onde foi feita a rotatória.Sob supervisão da Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul), a obra inclui sistema de drenagem por baixo da BR-262 e construção de galeria para o escoamento da água.

No local, foi mantido o acostamento para garantir a segurança dos motoristas. Com recapeamento, o asfalto foi revitalizado.

A sinalização também já está instalada e equipes trabalham na conclusão do meio-fio. Serão também instalados refletores que só podem ser colocados após o término da etapa atual e, por último, feita a arborização no canteiro central da rotatória.

Com pista duplicada no trecho da rotatória e asfalto revitalizado, trabalhadores executam última etapa da obra que inclui instalação de meio-fio.

As intervenções no local foram feitas pelo Governo do Estado preparando a região para receber os investimentos privados que já se iniciaram com a construção do prédio do Outlet de Campo Grande. 

A intenção da empresa Rivercom, cujo investimento inicial para o empreendimento foi de R$ 50 milhões, é instalar 65 lojas e quatro âncoras no espaço que conta com área construída de 18 mil m². 

A escolha do grupo por Campo Grande foi baseada em pesquisa de mercado realizada em 2014. 

Com a pedra fundamental lançada no mesmo ano, o prédio foi construído mas os empresários responsáveis pelo projeto informaram que aguardavam as adequações no tráfego da rodovia, imprescindíveis para o início das atividades. 

Para atender à solicitação, o Governo incluiu a implantação da rotatória de acesso no Projeto Obra Inacabada Zero. 

Por ele, a atual gestão tem assegurado a conclusão de pelo menos 215 obras deixadas por gestões anteriores em todo o Estado, com investimentos de R$ 734,8 milhões. 



Envie seu Comentário

Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído.
Copyright 2014 © O Liberdade - Todos os direitos reservados. By Bimboo Software

Expediente | Anunciar no site | Trabalhe Conosco | Reportar Erro