O Liberdade

Previsão do Tempo

Campo Grande
+29°C
Grupo Liberdade
Terça-feira, 26 de março de 2019
 
02/03/2019 08h55 - Atualizado em 02/03/2019 08h55

Câmara de Comércio MS-Portugal inicia atividades em Março

Assessoria de Comunicação
 
Diretor-secretário da FAEMS, Julio Lucca, economista Nuno Sousa e presidente da FAEMS, Alfredo Zamlutti Júnior Diretor-secretário da FAEMS, Julio Lucca, economista Nuno Sousa e presidente da FAEMS, Alfredo Zamlutti Júnior

Em um mês Mato Grosso do Sul será sede da 17ª Câmara de Comércio Brasil-Portugal. A pactuação da parceria ocorreu na noite desta quarta-feira (27) em Campo Grande e contou com a presença do economista Nuno da Motta Veiga Rabelo de Sousa, que também é filho do presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa.

Segundo o economista, a constituição da câmara no Estado está bem alinhada, o que destaca Mato Grosso do Sul desde a concepção do projeto. "Aqui, vários empresários se mostraram interessados e desde o início está tudo muito bem organizado. O Estado se destaca em agronegócio e produção de celulose, duas áreas que Portugal tem muito interesse", avalia Sousa.

Ainda de acordo com o economista, as missões empresariais Mato Grosso do Sul–Portugal colocam o setor empresarial do Estado à frente. "Os empresários daqui já realizam há muito tempo missões empresariais, o que é um dos papeis da câmara, mostrar as potencialidades dos países envolvidos e abrir portas para negócios e investimentos", pontua.

Desde o início, a FAEMS (Federação das Associações Empresariais de MS) está à frente da iniciativa, que começou ser esboçada em 2017, durante uma missão empresarial ao País. "Nosso Estado é um celeiro de riquezas, nos últimos anos percebemos o setor industrial mostrando seu potencial e força para movimentar a economia. Acredito que esta câmara trará grandes vantagens tanto ao MS quanto a Portugal", destaca o presidente da FAEMS, Alfredo Zamlutti Júnior.

O vice-governador Murilo Zauith elogiou a iniciativa e acredita que todos os envolvidos estão dedicados ao desenvolvimento do Estado. "Já existe uma ótima relação com Portugal e o time que está nessa empreitada é forte e dedicado, tenho certeza que colheremos bons frutos e haverá como resultado o desenvolvimento do Estado", acredita.

A previsão é de que até 26 de março de 2019 a Câmara de Comércio MS – Portugal esteja constituída, com a participação de empresários de diversos segmentos.

A reunião desta quarta-feira contou com a presença do diretor do Sebrae/MS, Tito Estanqueiro; do diretor-secretário da FAEMS, Julio Lucca; do cônsul de Portugal em Campo Grande, Fernando Gonçalves e de empresários e representantes do setor produtivo do Estado.

Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído.
Copyright 2014 © O Liberdade - Todos os direitos reservados. By Bimboo Software

Expediente | Anunciar no site | Trabalhe Conosco | Reportar Erro