O Liberdade

Previsão do Tempo

Campo Grande
+29°C
Grupo Liberdade
Quinta-feira, 25 de abril de 2019
 
11/04/2019 19h09 - Atualizado em 11/04/2019 19h09

pesquisa da Associação Comercial revela queda no número de imóveis fechados no Centro

Imprensa ACICG
 
Rua 14 de Julho apresentou aumento de 20% no número de fechamentos; pesquisa é realizada desde 2017 pela ACICG Rua 14 de Julho apresentou aumento de 20% no número de fechamentos; pesquisa é realizada desde 2017 pela ACICG

Levantamento realizado no mês de março pela Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG) revelou uma queda de 3,43% no número de imóveis fechados no quadrilátero que compreende as ruas Mato Grosso, Fernando Corrêa da Costa, Calógeras e 13 de Maio, em relação a 2018.

Em 2017, primeiro ano da pesquisa realizada pela ACICG, o número de imóveis fechados na região era de 204, chegando a 211 no ano passado, e retornando a 204 em março deste ano. O levantamento realizado pela equipe da entidade, que checou os imóveis da região porta-a-porta, em horário comercial.

A rua 14 de Julho foi única que apresentou progressão no número de imóveis fechados. "Apesar de todas as dificuldades enfrentadas pelos empresários localizados no quadrilátero central de Campo Grande, em especial aos da Rua 14 de Julho, que viram o faturamento despencar em função dos transtornos causados pela obra do Reviva, a pesquisa mostra que o Centro continua sendo uma opção para quem quer empreender na Cidade Morena. Vimos algumas lojas fecharem e novas empresas se estabelecerem trazendo conceitos diferentes, com grande expectativa para o que o Centro promete se tornar. Esperamos que o cronograma da obra seja cumprido, e que a pesquisa do próximo ano traga o menor número possível de imóveis fechados", comentou o presidente da ACICG, João Carlos Polidoro.

Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído.
Copyright 2014 © O Liberdade - Todos os direitos reservados. By Bimboo Software

Expediente | Anunciar no site | Trabalhe Conosco | Reportar Erro