O Liberdade

Previsão do Tempo

Campo Grande
+29°C
Grupo Liberdade
Segunda-feira, 20 de novembro de 2017
 
14/11/2017 11h12 - Atualizado em 14/11/2017 11h12

Black Friday deve movimentar R$ 114 milhões no comércio da Capital

Andre Farinha
 
 

A ação promocional Black Friday, que acontece a partir do dia 24 deste mês, deve movimentar cerca de R$ 114 milhões no comércio de Campo Grande. A informação foi divulgada pela Federação do Comércio de Mato Grosso do Sul (Fecomércio/MS), que promoveu uma pesquisa a cerca do evento. Na promoção, as lojas oferecem descontos que chegam até a 90% para liquidar o estoque de seus produtos visando às novas mercadorias que chegam para o Natal.

Na Capital, 44,49% da população economicamente ativa deverá aproveitar os preços baixos para ir às compras. "É um evento preliminar que tende a impulsionar as vendas de natal, por isso é necessário que os descontos sejam reais e haja estratégia de exposição dos produtos promocionais com a devida sinalização, além, é claro, do atendimento de qualidade", observa o presidente da Fecomércio/MS, Edison Araújo.

Conforme a pesquisa, 54,05% da população entrevistada tenderá a comprar nas lojas do Centro, 32,43% nas lojas dos Shoppings e 11,71% na Internet. Os produtos eletrônicos serão os mais procurados (24,58%), seguidos pelos celulares (17,80%), roupas (16,10%) e eletrodomésticos (16,10%). As mercadorias que serão mais procuradas pelos consumidores são geladeira e fogão, televisão e computador, e cama e sofá.

A movimentação estimada considera que, diferentemente das datas comemorativas marcadas por presentes de R$ 50,00 a R$200,00 em sua a maioria, o Black Friday obtém dinamismo com itens considerados de maior preço, como no caso de móveis, eletrodomésticos e eletrônicos, cujo gasto médio será de R$793,18.

No comércio, 54,84% das empresas da região central e dos Shoppings participarão da ação promocional. Cabe ressaltar que há 19,15% das empresas que ainda não estipularam o percentual de descontos que serão anunciados para o evento. Tradicionalmente, o Black Friday ocorre no último final de semana de novembro e as lojas físicas possuem horários especiais de funcionamento.

A pesquisa do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento Fecomércio/MS (IPF/MS) foi realizada em parceria com o SEBRAE/MS, foram ouvidos 93 empresários e 264 potenciais consumidores (considerando uma margem de 5% de erro e nível de confiança de 95% sobre a PEA) entre os dias 18 e 31 de outubro de 2017. Para a aplicação de questionários contou-se com a colaboração dos Shoppings: Pátio Central, Norte Sul Plaza e Bosque dos Ipês.

Black Friday

No Brasil, o primeiro Black Friday ocorreu no dia 28 de novembro de 2010 e funcionou apenas para as vendas on-line, vendas essas que cresceram significativamente ao longo dos anos e passaram a permear, inclusive, lojas físicas. No Mato Grosso do Sul, o movimento ainda acontece de forma tímida, mas a tendência é de que em breve atinja seu ponto de maturidade.

A ideia é que o evento não seja interpretado como um mecanismo para que os empresários ofertem produtos abaixo do custo, mas como uma oportunidade para proporcionarem a rotatividade de produtos a preços mais atrativos, ainda mais em um momento de instabilidade econômica e, consequentemente, da necessidade de auferir melhores receitas com vendas – de volta ao azul – going back to black.



Envie seu Comentário

Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído.
Copyright 2014 © O Liberdade - Todos os direitos reservados. By Bimboo Software

Expediente | Anunciar no site | Trabalhe Conosco | Reportar Erro